7
QUEM SOU

O que existe lá dentro que não consigo ver?
Escuridão
Preciso de luz
Só agora me dou conta que não tinha tempo de buscar ver.
A correria, trabalho, os abraços, as escutas, as trocas, muitas vezes rasas.
Agora preciso olhar, tenho tempo para ver
Mas… Para isto preciso de luz, onde está?
Quando encontro, à percebo tênue, sem brilho
A neblina impede a clareza de ver o que está guardado
Mas… preciso saber, deixar fluir, ter coragem de encarar.
O escuro está se dissipando… me surpreendo, existe tanto SER
Como vou dar conta?
Existe dor, angústia, medo
Cadê tudo aquilo que pensei existir? …. alegria, força, dinamismo, sonhos…
Onde estou?  Quem sou?
Será que preciso dar tempo para a neblina se desnudar inteira, deixar a luz se fortalecer?
Sei que está lá pois faz parte de mim.
Preciso deixar fluir
Preciso me encontrar.
VIA LÁCTEA

Outras Poesias

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.