3
Quarentena

Agora eu tenho tempo
Mas não tenho liberdade
Agora eu tenho tempo
Mas o nome dele é medo
Quando frequento os jornais
Quando olho a janela
Quando penso o futuro
Um hálito de incertezas
Uma escuridão por dentro e por fora
Agora eu tenho tempo
Para reinventar quem sou
Para secar as escuridões
Agora eu tenho tempo

Outras Poesias

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.