11
Os Três Dias

Já no primeiro,

Pego-me olhando:

O dia exuberante

De lua ofuscante.

 

Aqui no segundo,

As tenho pra mim:

Pessoas queridas

Com quê de marfim.

 

Então no terceiro,

Sou escudeiro:

Salvo coração

Do fim da visão.

 

E acordo no breu,

Mas sei que estou bem:

Minh’alma sou eu

E  os olhos que tem.

Outras Poesias

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.