47
Prece ao Divino

Se três dias eu tivesse para ver
Nos braços da mãe natureza me jogaria
E o mais eloquente dos apelos sê-lo-ia:
Misericórdia! Tenho tanto a aprender!

Oh Deus, não me roube este sentido
Se três dias me restarem
Revista-me com a coragem
Nos dias escuros, quando estarrecido.

Perdoe minha blasfêmia se me torno exasperado
Da humanidade conheço o descaso para com o diferente
E ao tornar-me indiferente, traz de volta a alegria

Daqueles dias vívidos de significado
Peço-te encarecidamente: sê benevolente
Com as memórias de minha preciosa galeria.

Outras Poesias

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.