33
Prece

Os dias tem sido todos iguais,
As dificuldades em puxar o ar aos pulmões são frequentes.
A cegueira social tornou-se doença contagiosa.
A ganância virou pandemia.
Pouca atenção para as minorias.
Ninguém olha o irmão ao lado que tem necessidades de uma mão estendida ou um abraço verdadeiro.
Minha prece é que aprendemos a valorizar a vida.
Os abraços, e sorrisos.
Se eu tivesse direto a três pedidos.
Pediria três dias para que o mundo recebesse o milagre da justiça, da cura e  da vida.
Quem sabe Deus e os orixás possam me ouvir.
Que a humanidade evolua em três dias, respeitando as diferenças.
Que exista ganância pela simplicidade de apenas respirar fundo, sentir paz e calmaria.
E o último pedido será, que em um futuro próximo possamos nos encontrar novamente e ver com os olhos da alma a beleza que é estar em contato com o próximo em um por de sol na praia.
Axé para quem é de axé.
Amém para quem é de amém.

Outras Poesias

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.