22
OS OLHOS DO CORAÇÃO.

Os olhos são a porta de entrada da alma,
Para onde eu olho, é ali que estou.
Mas se me restassem só três dias para ver…
Eu pediria que meus olhos tivessem a destreza de ver com a alma.
Assim, eu esqueceria de admirar supérfluas fantasias que me distraem no dia-a-dia.
E se o pedido me fosse concedido,
Eu olharia agradecido a face da família,
Apreciando as marcas que a vida em seus rostos estampou.
Olharia os amigos…
E veria neles a beleza que seus olhos têm,
Por serem de verdade em me amar além.
Quanto a natureza e sua beleza,
Me deliciaria ao enxergar essa projeção de amor,
Ainda mais certa de que essa obra só pode ser coisa de um Criador.
Ao terceiro dia,
Depois de ver um turbilhão,
Estaria pronto a ver para sempre como me bastaria ter visto a vida toda: com os olhos do coração.

Outras Poesias

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.