70
Um pouco do que habita em mim

Um pouco do que habita em mim
Sua Poesia: Mas afinal, o que habita em mim?
Incertezas?
Talvez.
Medo?
Um pouco.
Alegrias?
Com certeza.

Mas então, o que habita em mim?
Por que tanta cobrança?
Por que ser sempre tão dura?
Por que se criticar tanto?
Por que tantos por quês?

E novamente eu me questiono, o que habita em mim?
É a vontade de fazer diferente?
Certamente.
É o medo de errar?
Provavelmente.
Talvez o medo de não dar conta?
É, pode ser.

Então, o que habita em mim?
Não sei.
Mas deveria ser mais leve.
Ser mais resiliente.
Ser mais empático.

O que habita em mim poderia não se cobrar tanto.
Não querer levar o mundo nas costas.
Poderia usar mais o  “não”.
E se sentir bem com isso.

O que habita em mim precisa entender que está tudo bem não estar bem.
Que está tudo bem não dar conta de tudo sempre.
E que no final as coisas irão dar certo.

O que habita em mim hoje é a esperança.
E certamente essa esperança me trás paz.
Me faz respirar.
Me faz acreditar.

O que habita em mim deseja que o que habita em você te faça uma pessoa melhor.

Outras Poesias

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.