50
Se permita

E você, já morreu hoje ?
Afinal quantas vezes já morreu ?
Não me diz ao contrário,
Afinal eu sei que você já morreu!
Morreu quando deixou de acreditar,
Morreu por deixar de amar,
Morreu ao desistir,
Morreu por não sorrir,
Morreu mas continua aqui.
Então chega de morrer,
Se permita viver,
Viver de amor
De calor,
Sem pudor,
Sem rancor,
E transforme os espinhos de dor
Em flores de amor.

Outras Poesias

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.