38
Tempos de dor

Caminho na estrada do medo

Essa estrada desgasta, há congestionamento de dúvidas

Dou passos longos, quero sair daqui rápido

Parece que nao saio do lugar, nos pés calço o tempo

Esse tempo é difícil, é incerto

O tempo é angústia, é anseio

A cada passo dado, a caminhada fica mais conturbada

A frente uma descida, não consigo ver aonde ela me levará

Nessa estrada ambígua, o medo do novo é a única certeza que tenho comigo

Na placa visualizo o nome da rua, se chama vida

Outras Poesias

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.