37
A dor da perda

Nós sabíamos que o adeus estava chegando
E tentamos, durante os últimos anos, nos preparar para sua partida
Mas a verdade é que nunca estamos prontos pra isso
E de repente, você se foi

Acho até que escolheu o momento certo
No meio do caos, pandemia, quarentena, você descansou
Exemplo de força, que aguentou mais de 10 anos com sua condição
Estará sempre muito viva no nosso coração

O que será da nossa família no natal?
Na páscoa? Na befana, tradição que você trouxe da sua cultura
Que nós fazemos questão de ainda comemorar
E continuaremos comemorando para a sua memória honrar

Você foi a responsável por muito do que a família é hoje
E tenho certeza que se orgulha disso, como bem deveria
Ainda bem que deu tempo de conhecer seus netos e bisnetos
Pena que conviveu com eles menos do que gostaria

Agora, só nos resta a saudade
Do seu sotaque, o cheirinho, as balinhas que sempre estavam na bolsa
Os paninhos bordados com tanto carinho
As comidas italianas com aquele seu ingrediente secreto
Que é cozinhar com a alma e todo o seu afeto

O que fica é a nossa gratidão
Por ter tido uma Nonna tão incrível
Que foi embora e levou com ela uma parte do nosso coração
Mas sempre será lembrada com muita emoção.

Outras Poesias

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.